| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Want to get organized in 2022? Let Dokkio put your cloud files (Drive, Dropbox, and Slack and Gmail attachments) and documents (Google Docs, Sheets, and Notion) in order. Try Dokkio (from the makers of PBworks) for free. Available on the web, Mac, and Windows.

View
 

EMEB Luiza de Freitas Valle Aranha

Page history last edited by PIBID UERGS ALEGRETE 7 years, 2 months ago

 

Planejando de forma dialogada.

 

Grupo de Pibidianas na escola planejando na biblioteca da escola.

 

 

 

 

IX. REFLEXÃO:
Nesta aula de contos, os alunos demonstraram-se entusiasmados e curiosos
para saber o que acontecia com o menino João da história: O menino que aprendeu a ver”, de Ruth Rocha.
Depois da contação, foram feitos questionamentos a eles, e pedido para que eles pudessem lembrar como foi o início da familiarização com as letras e com os números, o que eles pensavam sobre o que era, e como que o é hoje, quando eles saem nas ruas, e percebem que existem propagandas em outdoors e em placas.
Alguns alunos, responderam que sabem pegar o ônibus que vai para a sua casa, e o nome dele. Outros disseram que nunca andaram de ônibus, e que não sabiam o nome da rua em que moravam.
Durante o registro da história, que foi feito com tinta guache, para que eles pudessem desenhar a parte da história que cada ficou responsável, foi possível perceber que a grande maioria dos alunos, apresentou dificuldade, em pensar e imaginar como seria a cena, que ele teria que desenhar.
Aqueles que tiveram dificuldade em desenhar, pediram-me para ver na caixa de papelão, a “TV maluca”, onde estava a história, para ver como era a imagem daquela cena. Mas pedi para que imaginassem, que lessem o que estava escrito no pedaço da história, e que eles puderíam criar como quisessem o Joãozinho e o resto da história.
Depois de pronta a atividade, mostrei a eles como ficou a maquete, e perguntei a cada um, o que eles tinham desenhado e o que representava cada imagem que eles pintaram.0,

                                                                                                                                                                                    

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.